Terça-feira, 18 de Outubro de 2011

Porque sim..

 

 

 

Viver por viver, viver porque sim. 

Viver, indiscutível... mas, para quê? Haverá sempre uma meta a alcançar? Haverá sempre um caminho a percorrer? 

E quando não há? Porquê a angústia de uma incerteza cruel, o sentimento de nos termos perdido? 

 

E quando as forças acabam? Simplesmente porque não há motivo para gastar energias! Quando se perde o norte, porque o norte se torna igual ao sul... Quando deixa de se questionar, porque não há interesse em obter respostas; quando deixa de se sorrir, porque sorrir deixa de ser especial...

 

Será possível tamanha indiferença perante a vida? Perante o dia-a-dia? Perante cada respirar, cada olhar?

 

Será possível viver assim, só por viver... sem objetivos, sem anseios, viver o nada?

 

A vida assim não tem sabor... mas porque tem que ter? Quanto mais sabor lhe queremos retirar, mais sofrimento lhe temos que dar; então, para quê? 

 

Cansada de viver, talvez. Talvez cansada de viver tanto para produzir tão pouco... cansada de sonhar, de acreditar, de voar para depois acordar, desiludir, caír. 

 

Ficar parada não será a melhor atitude... mas para quê avançar? E para onde?! 

 

 


sentido por Anjo da Noite às 23:08
link do post | comentar | favorito
|

Anjo da Noite


ver perfil

seguir perfil

. 6 seguidores

pesquisar aqui

 

Outubro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sinto...

Porque sim..

Fim do Infinito

Noite vazia

O sonho comanda a vida......

...

Não tenho.

Viver... porquê?

Senti...

Outubro 2011

Junho 2011

Janeiro 2011

Novembro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Dezembro 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Junho 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

links